Seja bem vindo! Faça da leitura uma viajem de sonhos aquecidos. Assine meu livro...grata!

http://www.livrodevisitas.com.br/ler.cfm?id=134978

Acróstico poético

Acróstico poético
Carinho ganho do amigo poeta Rui Tavares..em 23-07-2011.

Mimo ganho em 10-05-11

Mimo ganho em 10-05-11
Presente ofertado e aceito pela querida Lena Lopez!

BDSM - Meu Delirio, Seu Deleite na Catedral do SADOMASOQUISMO..

BDSM - Meu Delirio, Seu Deleite na Catedral do SADOMASOQUISMO..
Homenagem da {Flor}_LB por minha vivência REAL...01-02-2011.

Conteúdo A-D-U-L-T-O

Conteúdo A-D-U-L-T-O
As postagens neste endereço são impróprias aos menores.

Mimo ganho de um fã em 05-12-10

Mimo ganho de um fã em 05-12-10

Faço parte dessa Tribo

Faço parte dessa Tribo
Presente ganho da amiga Sandra, do Blog Curiosa. Visitem!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Cadela mamando (BDSM) 3


Ele mandou que eu parasse que não era preciso comer tudo se não ficaria preguiçosa para servi-lo. Puxando-me pela guia, fui levada ao banheiro para urinar pra ele ver e fazer a vistoria.
Foi dentro do Box que começou minha tortura, logo enquanto eu mijava. Ele colocou minha terrina e o que caiu fui obrigada a beber, sem fazer careta. Assim fiz, tomei tudo. Depois fui ordenada a deitar no chão onde tinha xixado e fui vistoriada na xota e no cuzinho. Por estar tudo de acordo com o gosto dele ganhei um tapa na cara como carinho, com permissão para olhá-lo. Embora minha cara duia, valia a pena aqueles afagos vindos dele, me chamando de vadia, sem vergonha. Minha boceta estava a ponto de bala, molhada, inundando o ar. Meu senhor enfiou o dedo e percebendo meu oferecimento me tirou do Box e me levou pra sala onde fiquei aos seus pés enquanto descansava do almoço com um amigo.
Quis saber como passei o tempo que ficamos sem nos ver, o que sua cadela havia feito, por onde tinha andado e com quem principalmente tinha falado. Falou também que naquela noite aconteceria algo especial e que ele esperava que eu não o fizesse passar vergonha. Mas eu não sabia como o serviria e mesmo assim concordei imediatamente. Tirando seus sapatos, que eram pretos, as meias brancas comecei a lamber, dedo por dedo, depois o pé todo, sem olhar nele. Sei que não tenho essa permissão. Ele me deitou de barriga pra cima, veio por cima e me beijou, mordendo meus lábios, arrancando-me os mais intensos gemidos. Enfiou a mão na minha boceta e sadicamente me fistou os fundilhos. Tomou posse do seu brinquedo, enquanto eu urrava de dor, e ele se deliciava. Socou o pau na minha boca até a garganta. Não satisfeito, tirou e me amarrou com suas cordas coloridas. Primeiro as tetas bem apertadas para rochear, algemou minha mãos no pé do sofá, vendou meus olhos e ajustou a Ball bag na minha boca, bem apertada, assim minha baba o divertia. Novamente invadiu minha xota até que eu gozasse em sua mão. Eu estava exausta, incomodada amarrada, toda dolorida e ele puxava meus mamilos e ria da minha cara, me chamando de vagabunda, cadela, putana entre outras coisas. Passava seu pau na minha perna.
Ouvi quando ele falou com alguém no celular, mas não entendi o assunto..rsrs.

Poli
03-12-09

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pela visita, seu comentário é de grande importância para o meu crescimento. Te Beijo.

Seguidores

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Fêmea feliz e apaixonada por poemas e poesias. Adoro estar com meus amigos e meu AMOR. Sou alegre, romântica, sensível. Gosto do silêncio, sou calma e muito sorridente. Apaixonada pelo mundo da almas puras. Acredito que nada tem valor na vida sem AMOR. Meu nome é Estela, tenho varios pseudônimos, o que mais uso é Polí por ser admiradora da arte BDSM. Nas minhas poesias falo de mim ou de que me rodeia. Tenho DEUS em primeiro lugar no meu coração, o resto é aprendizado nesse mundo chamado TERRA. Sou feliz!! Tenho poucos amigos, sou tímida,embora corajosa, audaciosa em determinados momentos. Desconheço os sentimetos raiva, cíumes, inveja. Carrego marcas que jamais se apagarão da minha mente e do meu coração. As vezes choro. Por mim e pelas pessoas que amo.Tenho um Dono na Alma. Serei sua escrava eternamente.